O Canadá deve anunciar sua retirada do Protocolo de Kioto depois do fim da Conferência do Clima de Durban, na África do Sul, informou a rede canadense CTV News. A notícia caiu como uma bomba no encontro, onde representantes de quase 200 países tentam chegar a um novo acordo que limite as emissões de gases-estufa. Embora tenha se recusado a confirmar a informação, o ministro do Meio Ambiente do Canadá, o conservador Peter Kent, disse a repórteres na capital do país que o protocolo, ratificado em 1997 e em vigor até o fim do ano que vem, “é passado” e sua aceitação foi um dos maiores erros do governo liberal que o antecedeu.

– Não confirmo nem nego (a informação) – disse Kent. – Hoje não é o dia nem este é o momento de fazer um anúncio.

Para Kent, não há razão para assinar um novo acordo ou estender o de Kioto sem a participação de outros países que são grandes emissores e ficaram de fora de suas metas, como China e Índia, ou que nem chegaram a participar, como os EUA. Segundo ele, também não faz sentido se submeter a metas que não se pretende cumprir. Pelo Protocolo de Kioto, o Canadá se comprometia a reduzir, até 2012, suas emissões de gases-estufa em 12% sobre os níveis de 1990. Em 2009, o país emitiu 690 milhões de toneladas de dióxido de carbono equivalente, 17% acima dos níveis de 1990, em grande parte devido ao aumento da extração de petróleo das areias oleosas da região de Alberta.

– Se há urgência em lidar com as mudanças climáticas, então esta não é a hora dos maiores emissores do mundo ficarem de fora – defendeu Kent, que ainda vai seguir para Durban para participar das negociações.
O deputado Peter Julian, da oposição canadense, afirmou que com a eventual retirada do país das metas de Kioto, a presença de Kent no encontro na África do Sul se torna uma “charada”.

– Ele vai para lá para obstruir, impedir o progresso, desestabilizar as discussões e agir como um vândalo ambiental – acusou.

Hannah McKinnon, da Climate Action Network Canada, também criticou a viagem do ministro nestas circunstâncias:

– Os países vão se perguntar por que o Canadá está sentando na mesa de negociações sobre Kioto com um plano secreto de abandonar formalmente o protocolo poucas semanas depois do fim das discussões. Esse movimento é um tapa na cara da comunidade internacional e uma vergonha para o Canadá.

Fonte: O Globo

Comentários

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: