Emissora de rádio em São Paulo vai sortear mil litros de água

Os problemas pela falta de água vem se agravando em todo o Estado de São Paulo. A água, elemento vital para a vida e para nossas necessidades culturais, esta se transformando em um bem com cada vez mais valor. A Rádio Mix, emissora de São Paulo, no lugar de oferecer o iPhone 6, ou outros eletrônicos desejáveis, esta promovendo como prémio 1000 litros de água, sob o slogan de “São 1.000 litros de água para você fazer o que quiser! Pode tomar banho, escovar os dentes, beber, fazer suco…”

Veja a noticia no http://mixfm.com.br/promocoes/mil-litros-de-agua/

Marcos Alejandro Badra

Sustentabilidade: Desafiando paradigmas para um novo mundo

joel open house 2013-12“Rodrigo tinha notado que sua esposa, Natália, cada vez que assava um peru cortava a pata direita do mesmo antes de colocar a forma no forno. Rodrigo viu este procedimento ser realizado várias vezes pela esposa sem conseguir descobrir o motivo, então decidiu perguntar-lhe:

– Nati, percebi que cada vez que prepara um peru, antes de colocá-lo no forno, você corta a perna direita do mesmo. Tentei descobrir por que você faz isso, porem não consigo imaginar o motivo – disse Rodrigo amorosamente.

– Ahhh… simples, amor – disse Natalia pronta para explicar o segredo – cortar a pata direita do peru antes de coloca-lo no forno é forma correta de se assar um peru. Se eu deixar a pata direita, o peru não ficará corretamente assado – ela falou com ar de grandeza.

– Não faz o mínimo sentido isso Natália – afirmou Rodrigo confuso.

O lixo, seus dramas, caminhos possíveis

residuos-siderurgicos-15WASHINGTON NOVAES *
Deveria ser de leitura obrigatória para administradores públicos e legisladores em todos os níveis – começando por governo federal, Congresso, governos estaduais, deputados, prefeitos, vereadores -, mas também para empresários e consumidores, o texto Gestão de resíduos sólidos para uma sociedade mais próspera, escrito pelo professor Ricardo Abramovay, do Departamento de Economia, e das pesquisadoras Juliana S. Speranza e Cécile Petitgand, do Núcleo de Economia Socioambiental, todos da Universidade de São Paulo (USP). Dificilmente se encontrará texto mais abrangente sobre a questão dos resíduos e as políticas adequadas que devem norteá-la, mais rico em informações, capaz de levar a mudanças indispensáveis.

O alto valor do lixo orgânico!

Compost-7 Compostagem, muitas vezes descrita como um modo natural de reciclagem realizada por uma comunidade de microrganismos (incluindo bactérias, fungos e actinomicetos, na presença de oxigênio), é o processo biológico de decomposição da matéria orgânica de nossos resíduos em um extremamente útil húmus.

Os actinomicetos são micro-organismos semelhantes aos fungos na sua forma de crescimento, mas se diferenciam na sua eficácia para a biodegradação da matéria orgânica. A natureza ativa destes microrganismos (microscópicas) e o grande número nas leiras de compostagem (cerca de 10 milhões deles por grama de solo), torná-los altamente eficaz em transformar resíduos ricos em celulose, hemicelulose, ligninas, etc. (como casca de árvore, papel e outros materiais orgânicos duro).

Óleo de cozinha usado alimenta veículos a diesel

golden_fuelEmpreendedor do Alaska desenvolveu kit que transforma o resíduo culinário em biocombustível e fundou a Golden Fuel Systems; aparato custa US$ 3.000.

Membro de uma família de pescadores e fazendeiros de Homer, no Alaska, Charles Anderson é daqueles empreendedores que se arriscam por seu negócio. Certa vez, quase levou um tiro do dono de um restaurante por tentar encher o tanque de sua picape com óleo de cozinha usado do estabelecimento sem pedir permissão para se apropriar do resíduo. Não é só o seu próprio veículo que Anderson abastece com esse tipo de biocombustível. Autodidata desde criança, ele estudou o assunto e criou um kit para que motores a diesel possam funcionar com óleo vegetal. A Golden Fuel Systems adapta seis marcas de carros a diesel, bem como barcos, geradores, caminhonetes e ônibus. Até janeiro de 2013 a empresa contabilizou a venda de 6.500 kits, que custam cerca de US$ 3.000 cada um. Em 2011, sua receita foi de US$ 800 mil.

Fonte: http://revistapegn.globo.com

%d blogueiros gostam disto: