Novas formas para o Gerenciamento de Resíduos

A Política Nacional de Resóduos Sólidos, Lei 12.305/2010, no Art 3 define reciclagem como o “processo de transformação dos resíduos sólidos que envolve a alteração de suas propriedades físicas, físico-químicas ou biológicas, com vistas à transformação em insumos ou novos produtos, observadas as condições e os padrões estabelecidos pelos órgãos competentes do Sisnama e, se couber, do SNVS e do Suasa;” e no Art 7, entre os princípios da Política se da “o reconhecimento do resíduo sólido reutilizável e reciclável como um bem econômico e de valor social, gerador de trabalho e renda e promotor de cidadania.”

Vídeo de apresentação dos resultados do Projeto Piloto de Compostagem de Mogi Mirim

Realizamos o Projeto Piloto de Compostagem na cidade de Mogi Mirim, onde trabalhamos desde a INAMBI com nossos parceiros coordenando o projeto com a intenção de desenvolver um modelo referencial de gerenciamento de resíduos orgânicos para as 5500 cidades do Brasil, como uma experiência brasileira para brasileiros.

O alto valor do lixo orgânico!

Compost-7 Compostagem, muitas vezes descrita como um modo natural de reciclagem realizada por uma comunidade de microrganismos (incluindo bactérias, fungos e actinomicetos, na presença de oxigênio), é o processo biológico de decomposição da matéria orgânica de nossos resíduos em um extremamente útil húmus.

Os actinomicetos são micro-organismos semelhantes aos fungos na sua forma de crescimento, mas se diferenciam na sua eficácia para a biodegradação da matéria orgânica. A natureza ativa destes microrganismos (microscópicas) e o grande número nas leiras de compostagem (cerca de 10 milhões deles por grama de solo), torná-los altamente eficaz em transformar resíduos ricos em celulose, hemicelulose, ligninas, etc. (como casca de árvore, papel e outros materiais orgânicos duro).

BASF realiza, mais uma vez, evento lixo zero e transforma resíduo orgânico em adubo valioso

organicsA BASF, o buffet Lia Tulmann, a Inambi Inteligencia Ambiental e o Grupo Visafértil firmam parceria para coletar e transformar todo o resíduo do evento
 Copos revestidos e sacos de lixo feitos com ecovio® possibilitam a transformação de resíduo sem a separação

O ecovio®, plástico compostável certificado da BASF, é o protagonista do projeto envolvendo copos descartáveis e biodegradáveis e sacos de lixo compostáveis que acontecerá durante o evento de apresentação da primeira casa de eficiência energética da BASF no Brasil, a CasaE localizada na zona sul de São Paulo.

Durante o evento, a empresa Lia Tulmann, encarregada do serviço de buffet do evento, orientada pela Inambi, coletará todo o resíduo orgânico utilizado na preparação dos alimentos em sacos de lixo confeccionados com ecovio®, plástico compostável certificado da BASF, com conteúdo renovável

%d blogueiros gostam disto: