Há uns dias, depois de ter publicando o artigo “O Petróleo Transparente” encontrei no “Jornal Tudo BH” uma matéria sobre a escassez de água que os mineiros estão tendo.

Este cenário de falta deste vital recurso é também uma realidade em outros estados do Brasil, pais onde se tem o mito que a água é um recurso infinito, e onde, além de comprometer o desenvolvimento econômico dessas regiões, está afetando a qualidade de vida das pessoas (em especial crianças e idosos) e o bem estar das comunidades.

A escassez da água é um fenômeno crescente no mundo e se faz necessária a urgente adoção de medidas de gestão para a recuperação dos ecossistemas naturais e o desenvolvimento de novos programas e políticas para a administração e distribuição igualitária e sustentável do recurso. Isto não depende unicamente de governos ou organizações supra nacionais e sim também de cada um de nós, que movidos pela solidariedade e amor pelo nosso próximo adotamos novos hábitos de uso responsável deste escasso recursos, assim como participando da toma de decisões e contribuindo com nosso tempo e esforço a implantação de programas e medidas orientados neste sentido.

Marcos Alejandro Badra

Veja a matéria publicada no “Jornal Tudo BH”, páginas 6 e 7 fazendo click aqui. 

1 comentário

  1. Pois é Marcos, mais uma tragédia anunciada!

    Com a água mais cara que a gasolina no mercado, muitas outras regiões daqui vão ecoar o anuncio.

    O banheiro seco pode corrigir esta falha social, tornando poluição em nutrientes e revertendo todos os rios em balneários de laser publico, e menos custos para limpar.

Comentários

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: